100 Dias

Outono

Já se passaram 100 dias desde o Ano Novo.

100 dias.

Parece tanto, e parece tão pouco. Quase um terço do ano, mas o tempo passou voando.

As resoluções há tempo esquecidas, os planos, as intenções. A vida nos levou de roldão, o dia a dia voltou a ser o que era. De mansinho, sem avisar, e a gente nem percebeu.

É fácil demais seguir sempre o script. Acorda, levanta, trabalha, janta, dormir. Fim de semana. Começa tudo de novo.

E lá se foram 100 dias. Um terço do ano, quase. Uma estação inteira e um começo de outra.

A gente já nem lembra, o que era mesmo que eu queria? Cortar o cabelo, experimentar uma receita, dobrar na outra esquina, mudar de trabalho, uma aventura?

No começo do ano sonhamos um eu diferente. Traçamos novas rotas, desenhamos mapas. Que depois juntam poeira, abandonados sobre a mesa, esquecidos debaixo da pilha de contas e menus de delivery.

100 dias, e vamos daqui para lá de olhos fechados, fazendo as coisas de memória, desempenhando nosso papel com a perfeição que vem da repetição infinita. Construir sonhos dá muito trabalho, por pequenos que sejam. Requer o esforço de fazer diferente, conscientemente, saindo do script. De fazer as coisas por decisão e não por hábito.

É difícil.

Mas quem sabe vale a pena. 100 dias já se foram; ainda temos 265 dias pela frente. Agora que não estamos intoxicados com as infinitas possibilidades do ano novo, talvez sejamos capazes de traçar um mapa mais realista. De escolher um caminho mais possível.

Quem sabe podemos começar com alguma coisa pequena, simples, e continuar caminhando. Finalmente fazer algo diferente.

Hoje é um bom dia para começar de novo. Vamos?

Anúncios

Eu acredito

Acredito em cor-de-rosa

Eu acredito em cor-de-rosa. Acredito que rir é a melhor forma de queimar calorias. Eu acredito em beijar, beijar muito. Eu acredito em ser forte quando tudo parece dar errado. Eu acredito que as mulheres felizes são as mulheres mais bonitas. Eu acredito que amanhã é outro dia e eu acredito em milagres. – Audrey Hepburn

Image: Martinak15 – CC By.

Atreva-se!

Faz muito, muito tempo que este post estava no meu rascunho.

Se você anda acompanhando o Deusario, talvez esteja pensando sobre o que você está fazendo com a sua vida, ou talvez fazendo contas.

Talvez você esteja pensando em como mudar sua vida, repensando seus objetivos ou cantando canções de amor e de guerra. Meditando sobre a vida.

Se não está, deveria. É bom parar de vez em quando, pelo menos uma vez por ano, para fazer balanço. Para ver onde estamos, pois somente a partir daí podemos traçar um caminho rumo às nossas metas, sonhos, realizações.

E já que estamos nesse balanço, pergunto: será que não é hora de ousar? De dar esse passo à frente? De finalmente atrever-se?

Inspire-se:


Atrévete – Link para o vídeo

Vídeo bacanésimo dica da Srta.Bia.