O Perdão e a Raiva

Perdoai a Quem Nos Tem Ofendido O perdão. Perdoar a quem nos tem ofendido… Perdoar aos que nos feriram, magoaram, prejudicaram, sacanearam.

Mesmo aos que o fizeram sem dó nem piedade, com intenção, com prazer.

Aos que nos pisotearam a não mais poder, que nos transformaram em pano de chão, em trapo, em tapete de limpar as botas.

Eu não. Eu não perdôo.

Não que eu não tenha capacidade de perdoar. O que não tenho é o desejo, a disposição.

Eu só perdôo, quando o perdão é bom pra mim. E nem sempre perdoar é bom para mim, apesar do que a nossa cultura católica nos impinge.

Perdoar é benéfico para mim quando a ofensa, a ferida é pequena. Quando foi feito sem intenção, por uma pessoa que me quer bem e a quem eu estimo.

Perdoar Não Significa Esquecer

E veja bem: perdoar não significa esquecer. Eu nunca esqueço.

Perdão e EsquecimentoQuando se esquecem as coisas, não aprendemos nada com elas – o sofrimento se torna inútil, pois não nos ensinou nada. Nem sequer nos deu ferramentas para reconhecer a mesma sacanagem no futuro.

Esquecer significa que falta um elemento que deveria fazer parte da equação que você usa para avaliar essa pessoa, para decidir quanto pode confiar nela. Quão vulnerável pode se mostrar a ela.

Por outro lado, temos as grandes ofensas, as feridas que levam anos para cicatrizar; aquelas que quase levam à morte – física ou da alma.

E temos ainda as feridas recorrentes, os golpes que se repetem ao longo da vida, que se tornam um hábito… mas que continuam a causar dores profundas.

Essas eu não perdôo. Nunca perdoarei.

A Raiva Como Combustível

Mas tenho um segredo. Eu não deixo isso lá dentro, em forma de ressentimento, me carcomendo como um câncer; não permito que essas feridas e cicatrizes sejam uma desculpa para ter pena de mim mesma.

Eu transformo isso em raiva. E a raiva é combustível. E esse combustível me leva a frente, me permite dar mais um passo, me permite não desistir. Me faz mais forte.

O perdão não é uma panacéia universal, não é obrigatório; nem sempre é desejável perdoar. Há que se aprender a usar o perdão com sabedoria e inteligência. E há que se aprender a utilizar de forma produtiva, o que fica conosco quando decidimos não perdoar.

Do contrário, o perdão é uma fraqueza, um hábito cumprido por obrigação que só nos faz mais frágeis, vulneráveis e machucados.

Photo Credits: Katie TegtmeyerStéphane O

Anúncios

6 comentários sobre “O Perdão e a Raiva

  1. É eu ja perdoei muito
    mas ultimamente , para certas pessoas , o meu perdão se torna algo bem “Raro ”
    porque vc perdoar e sempre estar sendo maltratada , isso não vale mais .
    tem certas pessoas que quando vêem uma pessoa perdoar sempre
    nunca se emendam ,não melhoram como pessoas . então para essas pessoas o perdão não será mais válido , concordo com o texto acima

    um abraço

  2. Tudo o que lí acima é a minha pura verdade é tudo o que sinto realmente e parabens, pois não sabia escrever tão bem e com tanta riqueza de detalhes, pois para mim PERDOAR E ESQUECER SÃO SINONIMOS SOMENTE PARA DEUS.

  3. Nem para Deus são sinônimos. Perfeitamente de acordo. A Raiva é meu combustível. bom saber que existem outros exemplares de humanos que assim pensam, e escrevem

  4. Passei quase meio seculo escutando uma pessoa que se dizia meu amigo, muitos anos desabafando e escutando meus problemas. Um dia ele mostra realmente a sua cara, fici irado e termino a amizade de tantos anos. Os anos passaram e o odio tomou conta do meu coração que cansado e desiludido ameaça para sempre que o vejo. Pedi solução para meu Deus e Ele esta detrminando que eu peça para ele esquecer e que o perdoo, sinto um alivio, meu peito começa a sentir-se aliviado e estou mais tranquilo pelo perdão que estou preprando para ele. Sei que irá ser muito dificil esquecer a traição que ele armou para mim, mas estou satisfeiro porque acredito que toda causa tem seus efeitos e ele irá pager bem caro pelo sofrimento que me proporcionou, no fundo eu o perdoo, mas nunca vou esquecer a traição recebida por ele e seu filho.
    Peço humildemente que meu Senhor me ajude nesta jornada, amem.

  5. Foi com requinte de crueldade que fui traida por uma filha, tencionalmente, estava na pior fase da minha vida, literalmente no fundo do poço. Eu ainda não consegui perdoá-la e o que sinto hoje por ela é so desprezo e indiferença. As vezes eu me questiono, eu acho que não fui traida pois na verdade ela nunca deve ter sentido nada por mim. Ela sim é que perdeu uma excelente mae sem modestia nenhuma, pois tinha vários documentos onde ela dizia que eu era a melhor mãe do mundo.

Os comentários estão desativados.