Mulher

Mulher. Uma palavra, milhões de significados. Uma miríade de estrelas, incontáveis galáxias, todo os clichês possíveis.

Madames que discutem e que não discutem. Piscianas analíticas que plantam contradições em suas paredes. Imperatrizes que transformam agruras em humor e culinária em poesia. Chiquérrimas advogadas escarlates de salto alto e realeza. Joaninhas jornalistas de nome doce e palavras lúcidas. Baianas poéticas que colocam a vida em palavras. Mágicas fadas de mãos criativas.

Heroínas anônimas, que todos os dias nos salvam. Que a cada hora nos dão um novo milagre: comida na panela, pão quente saindo do forno, roupa limpa na gaveta, contas pagas. Que encaram com a mesma fortaleza a vida modesta, a futilidade dos luxos, a pobreza e a miséria.

Bailarinas, equilibristas, malabaristas; dançando na curva, dançando xaxado, a própria música e na corda bamba.

Mães sem nome; mãe de todos, do marido, mãe de seus filhos, do filho único, dos filhos da vizinha. Luz guia. Conselheiras, palpiteiras profissionais, amigas wash-and-wear, companheiras de farra e de decepções.

Guerreiras que enfrentam com a cabeça erguida o chefe e a sogra, o computador e o fogão, a cama do motel e a cama do hospital. Que choram com discreção e sorriem amplamente; que rezam e rodam a baiana; que fecham contratos e sofrem com a TPM.

Elas trabalham. Escrevem, contam histórias. Mudam o mundo, mesmo que seja somente seu próprio mundo. Mudam a cor do cabelo, o comprimento da saia, mudam de idéia, de direção. Cozinham e fazem bolos de aniversário. Ensinam, aprendem, discutem. Fazem depilação, manicure, terapia, curso, dieta. Fazem barulho, bagunça, fita, drama.

Trocam receitas, guardam segredos, espalham fofocas. Assistem novelas, criticam filmes, choram no final.

Deusas. Seres que parem filhos, bichos, idéias… Vida.

Anúncios

2 comentários sobre “Mulher

  1. Alena, teu blog é um show, e você é baiana, e é muito poética mesmo. Volte sempre, serás sempre bem-vinda. 🙂

Os comentários estão desativados.